Segurança e conforto durante o trabalho


monitoramento eletronico

O profissional vigilante passa muitas horas realizando suas atividades. Um turno pode durar até 6 horas ininterruptas. Por isso, é importante que o profissional atente para alguns conceitos como conforto e ergonomia.

Caso vá realizar rondas ou patrulhas, é importante a escolha de um bom calçado, já que longas distâncias serão andadas à pé. Um coturno extra-leve ou com amortecimento é recomendável.

Porém, nem todos os vigilantes realizam suas atividades de pé ou andando. Existem muitos postos de trabalho na área de segurança privada nos quais o profissional permanece a maior parte do tempo sentado. É o caso de portarias e postos de monitoramento eletrônico. Nesses postos, o profissional permanece sentado a maior parte do tempo. Por isso, é indicada a escolha de uma boa cadeira. De preferência ergonômica. Essas cadeiras são adequadas a esse tipo de trabalho, pois colocam o indivíduo sentado de uma maneira confortável, sem forçar sua coluna.

Por outro lado, também é importante considerar o conforto térmico do ambiente de trabalho do vigilante, seja com o ar condicionado, que mantém a temperatura adequada mas tem como maleficio a redução da umidade relativa do ar, ou mesmo com um climatizador evaporativo ou industrial, sistema mais econômico e que mantém a umidade em níveis adequados ao trabalho do vigilante. Por fim, em caso da utilização de um climatizador, é possível que o ambiente seja aberto, sem portas automáticas ou janelas, o que pode facilitar as verificações e rondas.

Outros artigos: