Trabalhe em Segurança Privada


O mercado de trabalho dos vigilantes se divide basicamente em 4 grandes áreas:

 

1 Segurança Patrimonial

 

É a atividade básica do vigilante, proteger a vida e o patrimônio das pessoas. Para ingressar nesse ramo de atividade, o único requisito é a realização do curso de formação de vigilantes (CFV).

 

2 Escolta Armada

 

A atividade de Escolta Armada é o serviço executado por empresa especializada em vigilância e transporte de valores, no auxílio operacional ao transporte de valores ou carga valiosas. Para ingressar nesse ramo de atividade, o vigilante deve possuir o curso de formação de vigilantes (CFV) e ainda realizar o curso de extensão em escolta armada.

 

3 Transporte De Valores

 

É a atividade de transporte de valores, de quantias em dinheiro, documentos e outras mercadorias de altíssimo valor. Bancos, joalherias, museus, grandes lojas, e diversos outros estabelecimentos contratam tais serviços com as empresas de segurança especializadas. Podem ser utilizados veículos comuns ou um carro-forte, dependendo do valor a ser transportado. Para ingressar nesse ramo de atividade, o vigilante deve possuir o curso de formação de vigilantes (CFV) e ainda realizar o curso de extensão em transporte de valores.

 

4 Segurança Pessoal Privada

 

A segurança pessoal privada é a atividade de vigilância que visa garantir a segurança física de pessoas. Nessa atividade, o vigilante deve estar a postos para evitar qualquer ameaça ao bem-estar de seu cliente. Para ingressar nesse ramo de atividade, o vigilante deve possuir o curso de formação de vigilantes (CFV) e ainda realizar o curso de extensão em segurança pessoal privada.

Outros artigos: