Mercado de Trabalho


Segundo matéria publicada no Jornal O DIA, a previsão é de que sejam criadas 300 mil vagas para vigilantes até 2016.

Um estudo realizado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) aponta que em dez anos a segurança privada cresceu 74% no Brasil!

Com o mercado de segurança privada aquecido, é normal que alunos recém-formados em cursos de formação de vigilantes (CFV) consigam de forma rápida sua colocação no mercado de trabalho.

A remuneração inicial varia por empresa e por estado e, para aumentá-la, o mais indicado é que o vigilante procure se aprimorar através de cursos de extensão nas diversa áreas da segurança privada ou, até mesmo, em cursos diversos, como o de inglês.

Por conta dos grandes eventos mundiais sediados no Brasil, o profissional bem qualificado tem uma grande chance de despontar e conseguir uma excelente colocação e remuneração no mercado de trabalho. Se você se empolgou, o primeiro passo a tomar é fazer um curso de vigilante.

Outros artigos: