Curso de Vigilante SP – saiba como fazer


Seja um Vigilante (com curso) em São Paulo – SP

 

curso de vigilante sp sao paulo

Vigilante Patrimonial

 

O Estado de São Paulo possui o maior mercado de segurança privada do Brasil e um dos maiores do Mundo! A economia paulista demanda a existência de empresas de segurança para atuar nas áreas de segurança patrimonial, transporte de valoressegurança pessoal e escolta armada. Além disso muitos estabelecimentos possuem seus próprios quadros de segurança orgânica.

Na megalópole paulista há centenas de agências bancárias, comércios locais, indústrias, shopping centers, casas noturnas e a lista não acaba mais. O vigilante patrimonial encontra um mercado de trabalho amplo e bastante diversificado. Particularmente na capital, há muitos empresários, executivos e outros VIPs que demandam serviços de segurança pessoal privada e remuneram muito bem. Por isso é fácil encontrar pessoas que querem fazer um curso de vigilante em São Paulo – SP.

O Estado de São Paulo possui o maior mercado de segurança privada do Brasil e um dos maiores do Mundo! A economia paulista demanda a existência de empresas de segurança para atuar nas áreas de segurança patrimonial, transporte de valores, segurança pessoal e escolta armada. Além disso muitos estabelecimentos possuem seus próprios quadros de segurança orgânica.

Na cidade de São Paulo e eu outras cidades da região metropolitana de SP, como Guarulhos, há centenas de agências bancárias, comércios locais, indústrias, shopping centers, casas noturnas e a lista não acaba mais. O vigilante patrimonial encontra um mercado de trabalho amplo e bastante diversificado. Particularmente na capital há muitos empresários, executivos e outros VIPs que demandam serviços de segurança pessoal privada e remuneram muito bem. Por isso é fácil encontrar pessoas que querem fazer um curso de vigilante em SP.

Na Capital e na Grande São Paulo, há mais de mais de 10 escolas que oferecem o curso de formação de vigilantes e cursos de extensão em diversas especialidades. Há escolas na capital (diversos bairros), em Campinas, em Sorocaba, em Uberlândia.

São Paulo é a maior cidade do Brasil, por isso, tem as suas vantagens e desvantagens em relação a itens importantes como comodidade e segurança, por exemplo.

Por ter uma alta atividade econômica e muitas pessoas com grandes patrimônios a zelar existem também muitas reclamações e inseguranças e, muitas vezes, as famílias e as empresas preferem optar por modelos de segurança privada ao invés de depender “apenas” da Polícia Militar.

Mas ao mesmo tempo em que essas ações podem parecer extremamente negativas a partir do momento em que se considera que muitos paulistanos se sentem inseguros em sua cidade, toda essa preocupação também serve para movimentar o setor de empregos na grande São Paulo. Uma das classes que se beneficia da necessidade destes paulistanos em questão é a dos vigilantes, que podem atuar em residências, condomínios, ruas, empresas, entre uma série de outros locais que costumam precisar deste tipo de ação.

Entre alguns locais em que existe uma grande concentração desses trabalhadores estão a Avenida Paulista, graças aos escritórios que são localizados lá, além de áreas residenciais como o Morumbi e Higienópolis, entre outras.

Quais as competências de um vigilante e como deve ser feita sua preparação?

A alta demanda por esse tipo de profissional também aumentou o número de escolas de formação, afinal, é preciso suprir as necessidades da sociedade e ainda por cima garantir o emprego a milhares de pessoas.

Hoje em dia existem muitas, muitas escolas mesmo para a formação de vigilantes, algumas com cursos pagos e outras com oportunidades gratuitas. Mas, de acordo com especialistas, mais importantes que a informação em si é a manutenção de todo esse conhecimento.

Na área de vigilância, é fundamental que os profissionais busquem o aperfeiçoamento, os cursos complementares, já que é uma atividade que sempre envolve novas tendências e uma série de possibilidades, que se houver conhecimento, tornam-se mais simples de serem contornadas.

Mais do que isso, toda a dedicação e investimento na carreira de vigilante é um fator de maior facilidade na empregabilidade durante um futuro próximo. Além do mais, como a cultura da segurança privada está cada vez mais popular, é comum que os empregadores sejam cada vez mais seletivos, optando apenas pelos mais capacitados e dedicados.

Como escolher um entre os diversos cursos oferecidos na cidade de São Paulo

Se você escolheu essa área de atuação, vale a pena se informar sobre quais são as escolas disponíveis e que mais sejam adequados à sua realidade. Algumas dicas citadas por especialistas e que são fundamentais na hora de escolher o lugar para se formar são pedir indicações a vigilantes que já estão atuando no mercado, conhecer a estrutura de cada curso, buscar oportunidades de formação complementar e não usar apenas o preço como fator de escolha.

É claro que você não precisa visitar todos os cursos para vigilantes disponíveis na cidade, mas muitas vezes, apenas uma busca simples pela internet já serve para selecionar um pouco cada escola de acordo com os seus interesses.

Uma vez que você se identifique com uma escola em si, peça para fazer, conhecer o local e conversar com alguns alunos e professores antes de fechar negócio.

Outros artigos: