5 Dicas de segurança para vigilantes

1-     Seja reservado: Um bom vigilante mantém uma postura séria e transmite respeito, impondo temor aos meliantes. Fale apenas o necessário, pois falar demais, especialmente sobre assuntos sigilosos ligados à rotina da segurança e dos clientes, pode acabar servindo de informação para bandidos.

2-     Não se distraia: Quando estiver em seu posto, preste atenção redobrada a tudo o que se passa. Lembre que qualquer distração, por menor que seja, pode custar vidas. Evite se distrair com leituras ou conversas desnecessárias. Os lemas “Sempre Alerta” ou ainda QAP – “Quando acionado, pronto!”, cabem muito bem à rotina de um vigilante.

3-     Portar a arma no coldre: Quando trabalhar armado, evite deixar a arma junto ao corpo, pois isso pode atrasar uma ação defensiva ou preventiva. A arma no coldre também dificulta um possível furto do armamento.

4-     Cumpra todas as normas e procedimentos estabelecidos: Tais normas e procedimentos não foram criados por acaso. Todos têm como função reduzir os riscos à segurança e servir de padrão para o comportamento do vigilante. Por isso, devem ser rigorosamente seguidos. Lembre-se que você é o principal responsável por sua integridade física e dos demais.

5-     Seja proativo: O vigilante deve ser capaz de se antecipar ao evento danoso, com o fim de evitá-lo ou de minimizar seus efeitos. Desconfie de pessoas com atitudes suspeitas e mantenha-se alerta para todas as situações. Um vigilante proativo não fica apenas aguardando pelo perigo, mas se antecipa a ele.

Outros artigos: